16 de fev de 2009

Fraquinho, fraquinho

O Porto viu-se e desejou-se para vencer ontem o Rio Ave. A equipa finaliza mal e não consegue manter a coonstância de jogo. É pouco para um tri-campeão nacional com aspirações a mais um titulo. Fruto de um campeonato fraco e de um treinador com ambição do tamanho de uma ervilha, a equipa vai-se arrastando e cumprindo os serviços minimos. Quarta o jogo é mais sério e dele dependerá a passagem aos quartos-de-final da Liga dos Campeões. Ou começam a jogar... ou começam a jogar.

Nenhum comentário: